Controlar as armas realmente resolve?


Prestado o devido respeito as famílias e as vitimas do atentado da ultima quinta-feira, não podemos deixar de lado uma grande preocupação:a questão do desarmamento. 
Os Estados Unidos especialmente, tem sofrido uma grande onda de atentados nos últimos anos. Vemos um aumento expressivo de pessoas que querem discutir a possibilidade do desarmamento da população, porém observamos com esses acontecimentos recentes, que o problema não é exatamente esse e que a proibição ao cidadão do porte de armas não faria com que o mesmo não cometesse atentados. Pela lógica, Texas seria um dos estados mais violentos na América.

O Estado da Califórnia tem controlado o porte de arma já faz algum tempo. Em 2015 tivemos o atentado de San Bernadino, que matou 14 pessoas e deixou 21 feridas e em 2016 algumas sanções e mudanças foram realizadas no estatuto afim de coibir alguns desses atentados, porém no dia 08/11 tivemos um massacre que deixou 12 pessoas mortas em um bar na cidade de Thousand Oaks (Califórnia). Mesmo com a proibição do uso de armas em público, um atirador foi capaz de entrar em um lugar frequentado e assassinar boa parte de quem estava lá. 
Limitar o uso talvez não seja aquilo que irá impedir que tragédias como essas aconteçam. O crescimento do porte de arma nos Estados Unidos só aumentou nos últimos anos, e o que está sendo visto é que em lugares que existem algum tipo de resistência as armas de fogo há um maior número de ataques sem contenção. De acordo com dados do próprio FBI, em um total de 283 ataques com armas de fogo nos Estados Unidos, cidadões armados estavam presentes em 33% deles e nesse número em 75% dos casos o civil conseguiu conter o atirador mostrando um pouco da ineficácia de alguns tipos de restrições. Podemos ressaltar que em todos esses eventos em que havia um cidadão armado nunca houve morte de pessoas inocentes .

Proibir as armas e limitar seu uso é de fato a solução? Tendo em vista a diminuição da violência em estados que as armas de fogo são liberadas e o aumento de atentados em lugares onde existem algum tipo de restrição?Será mesmo que essa é a solução?

Pro leitor fica a reflexão: não é "o quê" causa o problema, e sim "quem" o causa.




Fontes:
https://www.concealedcarry.com/news/armed-citizens-are-successful-95-of-the-time-at-active-shooter-events-fbi/?fbclid=IwAR2nrOjZKtGRaZnXpaL5kre2Ldx2o84f6pvMSfxox4QynqOMmEEibdDwH2o

https://brasil.elpais.com/tag/matanza_san_bernardino

https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2018/11/08/interna_internacional,1004014/ataque-a-tiros-em-bar-na-california-deixa-feridos.shtml






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.