O Brasil é Bolsonaro.


Ao aproximar- nos da estação Trianon-Masp, cerca das 14h30, se tornou evidente uma forte euforia generalizada.
Ocorreria também neste dia, a partida Palmeiras x Ceará no estádio do Pacaembu, assim as linhas do metrô de São Paulo se encontravam tomadas por mantos palmeirense que dividiam espaço com camisetas verde-amarelas, que se misturavam e interagiam como numa final de campeonato.
Ao chegar à Trianon, onde a maioria desembarcou, o coro da multidão ficou absolutamente claro:

-Um, dois, três! Quatro, cinco, mil! Queremos Bolsonaro presidente do Brasil!

Descia ali, não uma torcida organizada, mas centenas de brasileiros rumo à histórica manifestação que ocorreria na avenida Paulista, berço e símbolo das grandes mudanças no Brasil.
Eufóricos, alegres e esperançosos, entre idosos e crianças, o sentimento no ar era de positividade e de dever patriótico. Todos em busca dos mesmos objetivos, pelo mesmo fim e contra o mesmo alvo.

Mas qual era aquele Brasil?

Mesmo que a mídia, ou os contrários às manifestações adorem os categorizar como um bando de raivosos, fascistas e apologistas de ditaduras, não era esse o tipo de pessoa que foi pra Paulista nesse domingo, 21.
Ali estava o Brasil que trabalha, daqueles que anos a fio estão sufocados pela alta taxa de impostos e pelo gigante Estado coercitivo e antiliberal.
Era o Brasil que não se vê representado na políticas públicas, nem nos "padrões"que a mídia os impõe. Estava ali, o Brasil que quer retomar seus valores e que prima por isso como condição sine qua non para o desenvolvimento saudável da nação. Esse Brasil não se envergonha de ser taxado como "tradicional" ou "conservador". "Coxinha" virou um auto deboche alegre e divertido.
É o Brasil que está dizendo chega!, a corrupção e a cleptocracia. Que ovaciona um juiz de primeira instância e o trata como seu verdadeiro herói. É o Brasil que não compactua mais com a roubalheira generalizada, que não aceita um projeto de poder corrupto, que como um parasita, tomou o Estado e o fez seu refém.

É um Brasil novo. Um Brasil dos Brasileiros.

O Brasil é Bolsonaro.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.