As Artes do Belo - Episódio 1 - Resenha

divulgação

Existem coisas que são essencialmente belas. 

Coisas que tem a beleza como condição intrínseca à sua existência, e ainda que tentem, não és possível relativizar tal condição.
Beleza essa, que não se limita a ela mesma. Vai além e promove o homem e a seu meio social o que de melhor eles podem atingir. 

Bem, a introdução acima é importante para o que vem a seguir.
Recentemente me deparei com aquela que, para mim, foi uma das melhores explanações sobre beleza que eu jamais havia visto. Mais precisamente sobre as Artes do Belo e as suas definições.

"As Artes do Belo" é um documentário que esta sendo disponibilizado gratuitamente em forma de episódios no Youtube. Idealizado a partir do livro "Das Artes do Belo" do professor Carlos Nougué, o primeiro episódio do longa documental foca em definir e refletir sobre as propriedades, objetivos e terminações das Artes do Belo, tomando a princípio e dentre outras, as definições de Aristóteles em sua Poética.

Começando pela definição do que é o belo, temos uma elucidativa explanação do professor Carlos Nougue sobre as partes constituintes do belo. Seriam essas: a integridade, a harmonia e a claridade. Por fim, podemos a partir deste conceito, definir ao certo o que se qualifica como "Artes do Belo".

As Artes do Belo, são as artes que fazem formas mimético, significativas e belas, para que o homem propenda ao verdadeiro e ao bom e se afaste do falso e do mau.

O episódio traz diversos levantamentos e reflexões iniciais, que nos dão um aperitivo do que virá a ser tratado nos capítulos seguintes, como discussões acerca do papel das artes do belo no processo educacional e - creio eu - um dos principais tópicos a serem abordados futuramente será o da destruição, da perda, do deslegitimamento do que seria belo na modernidade. E além disto, o papel fundamental das Artes do Belo na recomposição e estruturação dos valores morais.

Pietá - Michelangelo Buoanarotti - Localizada na Basílica de São Pedro, Vaticano


Um trabalho esplêndido. Com uma qualidade técnica invejável, digna do tema tratado, nos é mostrado imagens belíssimas que corroboram visualmente a grandeza, importância e transcendência daquilo que é identificado como belo. Também somos agraciados com uma trilha sonora sútil e tímida (na melhor definição do termo), que de forma harmoniosa completa os demais elementos que compõe todo o episódio.
Um trabalho estético feito com tamanho capricho que ouso dizer que, junto das definições teóricas, formam e passam ao espectador o que as artes tem de mais sagrado e grandioso.

Conteúdo indispensável  àqueles que tem primor as artes, a tradição clássica e ao belo. Além de uma experiência intelectualmente enriquecedora, é visualmente prazerosa.





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.